Benefícios e propriedades nutricionais do consumo de amêndoa

Com um alto valor nutricional, as amêndoas são um alimento bastante saciante e que pode ser facilmente incluído num plano de alimentação saudável. O seu sabor neutro permite que este alimento seja misturado em iogurtes, saladas, ou até mesmo consumir as amêndoas inteiras.

Benefícios para a saúde

As propriedades nutricionais da amêndoa atuam de várias formas, beneficiando a pele, o cérebro e até o coração. O consumo de amêndoas traz inúmeros benefícios à saúde, atuando essencialmente:

Controlo da diabetes: devido às fibras que limitam a absorção de glicose.

Diminuição da pressão alta: pelo teor em potássio e magnésio, que são fundamentais para regular a pressão sanguínea.

Prevenção de doenças cardiovasculares: as suas propriedades naturais promovem o relaxamento dos vasos sanguíneos e o equilíbrio da pressão arterial.

Fortalece os ossos: devido ao teor em cálcio, os ossos ficam mais fortes, previne a osteoporose e, ainda, o aparecimento de cãibras.

Energia no corpo: os nutrientes ajudam a converter as calorias em energia.

Retarda o envelhecimento da pele: os antioxidantes presentes protegem a pele contra os raios UV e previnem o envelhecimento precoce da pele, sendo que a maior parte desses antioxidantes estão maioritariamente presentes na casca.

Sensação de saciedade: apesar de conter gorduras, que são benéficas e saudáveis para o corpo, este alimento permite uma sensação maior de saciedade, evitando a necessidade de ingerir grandes porções alimentares. É uma ótima opção para quem procura emagrecer. Essas gorduras existentes contribuem para o bom funcionamento do metabolismo e quando aliadas a uma alimentação saudável e à prática de exercício físico tornam-se muito benéficas.

Propriedades nutricionais

Alto teor de cálcio e fibras que são importantes para o bom funcionamento do organismo, mas, também, apresentam elevadas quantidades de: proteínas, zinco, carboidratos, potássio, magnésio e ferro. Quanto à quantidade diária de consumo, o ideal seria até 35 mg por dia, de uma forma fracionada ao longo do dia e não ingerida de uma só vez.