10 alimentos que ajudam a reforçar o sistema imunitário

Incluir alimentos que ajudam a reforçar o sistema imunitário na nossa rotina diária de alimentação é fundamental para prevenir o aparecimento de uma séride de doenças, assim como preparar o organismo para reagir melhor a tantas outras. A nutricionista do Fitness UP Trofa, Inês Neto, deixa-nos algumas dicas essenciais.

Com a pandemia por COVID-19, muito se tem falado na importância de privilegiar o consumo de alimentos que ajudam a reforçar o sistema imunitário. Não que isso vá impedir que fiquemos doentes, visto que a contaminação pelo novo coronavírus é feita por partículas expelidas pelas vias respiratórias de alguém infetado, todavia, poderá ser fundamental na forma como o nosso corpo reage se ficarmos doente.

Nesse sentido, queremos salvaguardar a ideia de que a alimentação saudável só por si não chega nem substitui as medidas de prevenção estabelecidas pelas entidades de saúde no âmbito da pandemia. Estas implicam: o uso de máscara em espaços fechados ou em situações de maiores aglomerados de pessoas ou junto de pessoas consideradas de risco; manter o distanciamento social; lavar as mãos com frequência.

Ainda assim, é importante ter hábitos saudáveis que ajudem a fortalecer o sistema imunitário, tornando-se excelentes aliados na forma como combatemos esta e outras doenças.

Como reforçar o sistema imunitário através da alimentação?

Manter o sistema imunológico é, então, uma das principais defesas do organismo contra viroses, como acontece com o novo coronavírus. Esta defesa pode ser conseguida através da ingestão de determinados alimentos:

Laranja e limão

Estas duas frutas são boas fontes de vitamina C, um componente de propriedade antioxidante, isto é, que evita a oxidação das células do sistema imunitário. Como tal, em caso de exposição a agentes exteriores agressores, o organismo estará bem preparado.

Romã

A romã é rica em vitamina C e também em ácido fólico: uma combinação de sucesso para diminuir alguns sintomas e problemas, nomeadamente dores de garganta, febre e até infeções nos ouvidos.

Mirtilos

O mirtilo é um alimento de elevado valor nutricional, principalmente no que à vitamina A, complexo B e C, zinco e ferro diz respeito. É também rico em antioxidantes, o que lhe confere capacidade anticancerígena e de proteção em casos de doenças cardiovasculares.

Cogumelos

Os cogumelos são alimentos ricos em antioxidantes, mas também em selénio. Sabia que, se os níveis de selénio no nosso organismo estiverem baixos, poderemos tornar-nos mais suscetíveis a contrair constipações ou gripes?

Iogurte

Este alimento deve fazer parte de um regime alimentar equilibrado, porque contém bactérias que atuam eficazmente em casos de alguma reação inflamatória, principalmente ao nível do intestino. Ajuda, assim, a recompor as bactérias benéficas da flora intestinal, os chamados probióticos, que podem ser considerados verdadeiros guerreiros cuja função é expulsar as bactérias do organismo.

Vegetais verdes escuros

O consumo de alimentos, como brócolos, couves ou espinafres, são altamente recomendados para motivar o reforço do sistema imunitário. Tudo porque são ricos em ácido fólico e este nutriente específico ajuda a formação de glóbulos brancos – responsáveis pelas defesas do organismo.

Oleaginosas

Determinados alimentos podem ser erradamente considerados inimigos de uma dieta saudável, como acontece com os frutos secos e as oleaginosas. Todavia, são altamente benéficos para ajudar a reforçar a tua imunidade. Por isso, devemos ingerir nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais (de girassol, gérmen de trigo, milho e óleo canola) com conta, peso e medida – isto é, sem excessos.

Tomate

O tomate é rico em licopeno e, como tal, bastante útil para combater doenças cardiovasculares.

Batata-doce

A cor alaranjada da batata-doce tem uma razão de ser: este alimento possui betacaroteno e vitamina A, componentes de atividade antioxidante, que ajudam no combate ao envelhecimento das células e até à redução do aparecimento de alguns tipos de neoplasia.

Gengibre

O gengibre é rico em vitaminas C e B6 e possui ação bactericida, que ajuda a tratar inflamações da garganta e a desenvolver as defesas do organismo.

Outras formas de reforçar o sistema imunitário:

Além de consumir os alimentos acima sugerimos, há outras hábitos que devemos privilegiar para aumentar a imunidade do nosso organismo. Tais como:

  1. Praticar exercício físico regularmente
  2. Ingerir, no mínimo, 1,5 litros de água por dia
  3. Dormir entre 7 a 8 horas por noite
  4. Evitar situações de grande stress
  5. Evitar fumar ou estar diretamente exposto ao fumo do cigarro
  6. Evitar o consumo de fast food ou alimentos industrializados
  7. Evitar a toma de remédios sem orientação médica