Correr nos dias mais frios: todos os cuidados a ter

O inverno não implica que tenha de abdicar das rotinas desportivas. O tempo frio pode trazer mais benefícios, mas a tolerância a temperaturas mais baixas é, por vezes, mais difícil de aguentar em comparação à prática de exercício físico em clima de calor. Correr no início da manhã, além de aumentar a energia e a disposição ao longo do dia, também aumenta a imunidade do corpo. Mas as queimaduras e as lesões não acontecem só no verão, pelo que são necessários os devidos cuidados.

Aquecimento antes da corrida: acelerar o batimento cardíaco é fundamental para que o corpo se possa preparar para o treino.

Roupa adequada: escolha roupas práticas e que permitam a troca de calor com o ambiente. Opte pelos tecidos absorventes de algodão ou nylon resistente ao suor, que retém o calor e bloqueia o vento e a chuva.

Proteger e hidratar a pele: o vento gelado pode deixar a pele extremamente desidratada. É importante colocar sempre protetor solar, para proteger a pele dos raios UV, hidratante labial e um bom creme hidratante nas extremidades, essencialmente, mãos, orelhas e pés. Usar gorros, luvas e casacos à prova de água e vento, evitando as malhas, é essencial.

Beber muita água: antes, durante e depois da corrida é muito importante manter o corpo hidratado, mesmo que o frio não pareça provocar tanta sede como o calor.

Manter a resistência: o foco não é a velocidade ao longo do treino, mas antes a resistência e a força.

Descanso e alimentação saudável: é essencial uma boa noite de sono e manter uma alimentação saudável. Opte por uma refeição pré-treino leve, com proteínas e hidratos de fácil digestão.

Peças de roupa com material refletor: os dias são cada vez mais curtos, pelo que é importante ter muito cuidado nas horas menor visibilidade, principalmente de manhã cedo e ao anoitecer.