Coasteering. Perca o medo e salte!

Coasteering é uma atividade radical praticada ao ar livre e, curiosamente, é em Portugal onde se encontram os melhores lugares do mundo para a praticar. Semelhante ao bungee jumping, o Coasteering resulta da combinação de várias atividades como rapel, escalada, trekking, trail, mergulho e saltos radicais para o mar. O objetivo é aproveitar os melhores recantos que a zona costeira oferece e unir o espírito de aventura à procura de novos lugares.

A modalidade tem sido um êxito e tem ganho cada vez mais praticantes. Agora é a sua vez! Pode percorrer a encosta rochosa da serra da Arrábida, subir e descer os rochedos, explorar grutas, nadar, aproveitar a paisagem paradisíaca e saltar das falésias para águas cristalinas. O Parque Natural da Arrábida, na Península de Setúbal, e a Reserva da Ponta de São Lourenço, na Madeira, são dos locais mais procurados para praticar Coasteering, mas são já vários os sítios que permitem conhecer e praticar esta modalidade.

Apesar de não ser uma atividade muito fácil, pode ser praticada por todos, com as devidas precauções. A prática requer alguns cuidados e medidas de segurança, pelo que é crucial ser acompanhada e orientada por profissionais experientes na área. É obrigatório o uso de capacete, colete flutuador, fato térmico e sapatilhas, uma vez que o percurso obriga a vários obstáculos como o rapel, onde é ainda essencial o uso de cordas.